terça-feira, 10 de agosto de 2010

Pela Riqueza.

Fui uma criança como qualquer outra. Por ser filha única sempre acostumada a ter toda a atenção sem fazer nada. Os adultos me achavam "um amor de criança", daquele titipo que não dá trabalho e que nunca chorou na escola, pelo contrário, no meu primeiro dia de aula, me lembro bem, porque minha mãe nunca me deixou esquecer, fiquei empurrando minha mãe pra fora da escola porque queria ficar lá sozinha. Eu tinha três anos e queria aprender a ler e escrever, já era cdf desde essa época. Mas, na verdade eu tinha fixação em ser a melhor. Enfim, para manter minha boa imagem, tudo o que fazia colocava a culpa em outras pessoas e dava certo. Entre outras características... Eu era muito criativa, sempre inventava brincadeiras, invejosa, meus primos não podiam ter nada que eu logo queria ter também, e melhor de preferência. Era gulosa - e que gordinha não é? E muito ambiciosa.
Meu sonho era ser muito rica. Mas, a questão é: O que é ser rico pra uma criança? Com certeza era ter muitos brinquedos e poder comprar muito sorvete e chocolate. Como sou de cidade pequena não sabia o que era shopping, mas constantemente tinha sonhos em que ficava presa em uma loja de brinquedos - que nem aquele episódio do Chavez em que ele sonha com isso, ou em um supermercado, sonho de gordinha mesmo, hen?

O Chavez sempre foi minha inspiração, em uma das minhas tentativas de ser muito rica segui o exemplo de vender limonada.

Fizemos uma "placa" em papel de caderno de desenho e escrevemos "vende-se limonada", em seguida penduramos no portão. Mas, não deu muito certo. Alguém muito chato, que não lembro exatamente quem era, nos disse que suco de limão não era igual à limonada e nenhum de nós sabia fazer limonada ou suco de limão. Foi um plano mal sucedido. Outra tentativa foi fazer buracos no chão na esperança de achar algum tesouro. Um pouco mais crescida tentei juntar moedinhas, que logo que completaram um real - isso era muito dinheiro pra mim, peguei e comprei 10 geladinhos - aqueles "sorvetes" que vêm dentro de um saquinho, pode ser sacolé ou gelinho. E assim foi por muito tempo, cada centavo que meus primos e eu conseguíamos juntar era pra comprar o geladinho, que por um acaso custava 10 centavos e eram feitos com Kisuco, esses sucos artificiais, e este por sua vez custava também 10 centavos e rendia DOIS LITROS, imagine como o negócio era "natural". Assim que fiz esse raciocínio decidi que eu também devia vender geladinhos, mas eu não comprei saquinhos ou suco em pó. Voltei ao limoeiro - detalhe que era limão galego. E fiz um suco super aguado, coloquei dentro da panela e esperei congelar. Parecia pedra, mesmo assim comemos tudo. Não dava pra comercializar. Minha última tentativa de ser rica foi vender pulseiras e colares de miçanga, isso durou bastante tempo e me rendeu um bom trocado, mas cansei de trabalhar e parei. Ah, também tinha o sonho de ser uma criança prodígio e ficar famosa, fiz balé, aula de canto e tentava interpretar, mas as Chiquititas nunca me encontraram, ou seja, nunca fui chamada pra ser uma dela, uma das minhas maiores frustrações. Isso depois do Disney Cruj colocar o nome da vilão deles de (k)Carla Carcará, além de não ser famosa meu nome era de vilã. No final das contas, tentei muito ser rica, não consegui, mas ainda não desisti.

14 comentários:

  1. oláaa...

    nosso blog ta de cara nova... e de novo endereço, as meninas do cá entre nós, agora é perplexa sensatez... eu e a Hanna... nos visitem... e quem tem parceria comigo, já estou preparando o novo banner... beijooss

    Camila

    ResponderExcluir
  2. uhauhuahuauhauha, Adorei o Blog Karla. To vendo que vou voltar aki muitas e muitas vezes...

    Beijão

    ResponderExcluir
  3. hehehe.. Criança é fogo mesmo, neh?!
    Eu achava que cantava bem.. um dia gravei minha voz e entendi pq td mundo mandava eu ficar quieta!! heheheh
    Mas os sonhos de infância se transformam quando adultos, não devendo nunca ser perdidos.
    Eu vivia fazendo teatro, querendo ser policial e lendo muito...
    Já atuei no teatro, agora sou advogada e, se Deus quiser, ainda publicarei meus livros!
    Então, não desista de ser rica mesmo!
    ;D

    ResponderExcluir
  4. Lembrei muito da minha infância com todos esses valore da vida meio fantasiosos.

    Eu era parecido mas não tão fascinaddo em dinheiro.

    MAs essas atitudes são muito infância: invejinha brrinquedos chocolates e querer ser o melhor em tudo.

    Muito bom o seu texto

    ResponderExcluir
  5. Oii , infância é algo muito bom ne ?! tambem tinha desejos bem ambiociosos como o seu ! mas o mais legal disso que é uma ambição sem maldades ! ser criança é tudo de bom e quem derá nos sermos eternas crianças !!!
    http://minhaterradonuncaap.blogspot.com/
    Bjos !

    ResponderExcluir
  6. muito lindo
    lembrei de quando corria pelado

    ResponderExcluir
  7. Nossa lembrei muito d eminha infância!hehe criança é fogo ² hehe

    Estou ti seguindo tbm Inha
    beijokas Tulipais

    ResponderExcluir
  8. Oi Karla é isso aí, o segredo é nao desistir... Mas que crianca criativa vc foi e com cereteza esse seu lado deve hoje estar se aprimorando cada vez mais... Ahhhh eu sonhava em ser astronauta quandoc rianca..... era uma comédia!!!
    Adorei o post de hoje e to super fa do seu Blog já...
    Vc perguntou se aqui na Alemanha faz mto frio???
    Nossa Karla um frio tenebroso vou fazer post sobre o inverno alemao pra vc ler, beijinhos flor!!!

    ResponderExcluir
  9. Ahhh, era mais ou menos assim qndo criança, rs.
    Mas no meu caso, foi pq meu irmão nasceu qndo tinha 4 anos, e então tda a atenção q era soh minha, tive de dividir com ele, ai jah viu...rs

    Ahhhh, mas que saudade desse tempo, rs

    Beijinhos, amei o post!

    ---
    www.jehjeh.com

    ResponderExcluir
  10. Nós, as sete meninas mais ridículas da web,
    Convidamos você para adentrar ao nosso tortuoso mundo.*o*
    Muita roupa embolada. Várias presilhas de cabelo. E milhares de caixinhas de recordações.

    Venha para o nosso chá das sete.
    Venha para as nossas vidas <3
    http://onourcloset.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. seguindo ..seu blog é muito bomm

    ResponderExcluir
  12. Genteeeee *-*
    eu fui uma criança igual a você! rs
    apesar de me sentir sozinha, sempre inventava minhas brincadeiras.
    já vendi muita pulseirinha de miçanga tambem hahahaha
    adorei o blog e os textos !
    estou seguindo!

    http://yasmiiin182.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Ser criança é tão bom :D
    hehehe.. Criança é fogo mesmo, neh?!³
    Beijos flor *-*

    http://vivamoderna.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Ah guarulhos... sim sim XD
    Fui quando pequeno também, na verdade sempre odiei pica pau amero, mas sabe como são os pais, só por ser algo de criança me forçaram a ir ¬¬"
    Na verdade se mudar era culpa da minha mãe, ela trabalhava com pesquisas rsrsrrs
    Mas calmo agora XD
    (graças a Deus srsr)

    Bem, nunca pensei... "ser criança é tão com", ainda sou uma criança! Uma pobre rapaz que gosta de curtir a vida ao extremo!!!
    A questão nunca vem a ser "criança", e sim seu grau de capacidade de se divertir e entender o que é errado! Crescer não é ficar chato e começar só a trabalha e estudar, e sim apenas uma fase da vida que chega com o tempo para qualquer cidadão... (olha eu mudando assunto huahahah).

    beijinhos
    e se cuida

    ótimo fim de semana!

    ResponderExcluir